Select Language

problemas ao arrancar RAPIDAMENTE?
IDENTIFICAR E RESOLVER

Não tem a certeza se irá precisar de substituir uma ou várias velas de incandescência? O motor não arranca rápida e fiavelmente? Esta secção é definitivamente para si.

Secção 1: Problemas ao fazer arrancar o motor? Identifique o problema

Fazer arrancar o seu automóvel demora uma eternidade? Existe fumo a sair do capot e, francamente, não cheira bem? Infelizmente, existem bastantes razões que poderão explicar o motivo desse problema. Por isso, dê uma vista de olhos abaixo e veja como poderá resolver esse problema da melhor forma, através da nossa abordagem centrada na solução. 

O problema
A causa
A nossa solução
Gases durante o arranque, Produção de fumo
Vela de incandescência com apenas uma bobina, temperatura demasiado baixa
Utilize a vela de incandescência com tecnologia de 2 bobinas Champion® (a bobina de aquecimento e a de regulação asseguram que é atingida uma temperatura elevada num período de aquecimento mais curto)
Detonação durante a fase de arranque
Vela de incandescência sem efeito limitador e sem reserva de calor
Instale as velas de incandescência de pós-aquecimento Champion® para um fornecimento de calor melhor e mais rápido
Bateria esgotada, fase de arranque longa
A vela de incandescência aquece apenas ligeiramente, o tempo de aquecimento é demasiado longo
Instale a vela de incandescência Champion® que foi rigorosamente adaptada ao motor e ao sistema de incandescência trifásico (pré-aquecimento – aquecimento de arranque – pós-aquecimento) 
Funcionamento difícil e irregular do motor
A temperatura final da vela de incandescência é demasiado baixa
O motor só começa a trabalhar após várias tentativas de arranque
Vela de incandescência com defeito
O motor começa a trabalhar com a produção de odores desagradáveis 
Os valores elétricos das velas de incandescência não foram corretamente definidos
A sonda de incandescência está ligeiramente derretida ou apresenta depósitos de calcário
A espessura da parede da sonda de aquecimento é demasiado pequena (acontece frequentemente com velas de incandescência baratas)

 

Secção 2: Velas de incandescência gastas ou danificadas? Verifique-as facilmente

Existe uma solução rápida, eficaz, fiável e económica para si, adequadamente denominada dispositivo de teste da vela de incandescência. Teste as velas sem as remover, é garantidamente rápido e fácil, pois deverá existir um dispositivo de teste da vela de incandescência em todas as oficinas.

Com o novo dispositivo de teste da vela de incandescência, pode testar ou pedir ao seu mecânico para testar as velas de incandescência de cerâmica e aço em veículos com tensão de bordo variável, de forma fácil, rápida e fiável - individualmente e sem necessidade de desmontá-las ou fazer arrancar o motor. 

Dica: A experiência demonstra que as velas de incandescência atingem, na maioria das vezes, o respetivo limite de desgaste uma após a outra – e, após remoção dos cabos de ligação e dos carris de contacto, é mais económico substituir a totalidade do conjunto do que substituir mais velas pouco tempo depois. 

Um dispositivo de teste rápido da vela de incandescência oferece muitas vantagens para práticas em oficina:

A Champion®recomenda, por exemplo, o dispositivo de teste da vela de incandescência BERU, com as seguintes características:

  • Testes fiáveis, rápidos e económicos, pois não é necessário remover as velas ou fazer arrancar o motor.
  • Não é necessário pré-selecionar o tipo de vela de incandescência (aço ou cerâmica).
  • Reconhecimento automático da potência de tensão da vela de incandescência (de 3,3 a 15 V)
  • Teste de acordo com as condições atuais
  • Funcionamento fácil
  • Possibilidade de testar cada vela de incandescência individualmente
  • Visor analógico para regulação de corrente e aquecimento (possibilidade de comparar velas de incandescência individualmente quanto ao desempenho de consumo e regulação atuais)
  • Proteção contra curtos-circuitos e erros de polaridade
  • Proteção contra sobrecarga (monitorização adicional da vela de incandescência através de um circuito independente)
  • Procedimento de teste controlado por curvas características, tal como em equipamento de controlo eletrónico.
  • Deteção de contactos soltos através de processador e, de seguida, uma segunda verificação.
  • Software de microcontrolador especial integrado no dispositivo de teste 

HISTÓRIAS RELACIONADAS

{{lede.date | date:'dd-MMM-yyyy'}}{{lede.tags.length > 0 && lede.date ? ' | ' : ''}}{{lede.tags.join(', ')}}
carregando...